(69) 3423-0401

Consórcio Público Intermunicipal da Região Centro Leste de Rondônia - Site Oficial


Administração
Cimcero irá adotar modelo de gestão após auditoria do TCE-RO
sábado, 7 de agosto de 2021

Em reunião de trabalho realizada na quinta-feira (05), o corpo diretivo e equipe técnica do Consórcio Público Intermunicipal da Região Centro Leste de Rondônia – CIMCERO já trabalham nos apontamentos feitos pela primeira auditoria do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) realizada na entidade.
 
Segundo o presidente do consórcio, prefeito Célio Lang esse momento é muito importante e bem-vindo para o Cimcero, pois o objetivo da sua gestão é fazer um trabalho sério, responsável e transparente em prol dos municípios. “Nós já pedimos ao TCE que nos ajude a moldar um modelo de gestão, pois essa é a primeira auditoria que é feita e precisamos aprimorar nosso trabalho”, destacou.
 
Os técnicos do Cimcero já iniciaram trabalho conjunto para tratar dos achados da auditoria e, desta forma, ir buscando melhorar a gestão para poder garantir aos municípios consorciados um serviço público de menor custo, com qualidade e responsabilidade com os recursos públicos.
 
Etapas da auditoria
 
 
A auditoria é referente ao exercício de 2019 e os achados dos auditores foram modulados e apresentados aos técnicos do Consórcio para que medidas sejam adotadas para corrigir as inconsistências encontradas.
Em um novo modelo de trabalho de auditoria elaborado pela Corte de Contas foi oportunizado à entidade auditada a implementação de ações para saneamento das inconsistências encontradas num lapso de tempo exequível a ser definido pela equipe técnica e os gestores do consórcio.
 
O presidente do Conselho Fiscal do Cimcero, Elias Caetano explica que essa reunião coordenada pelo prefeito Célio Lang foi para a equipe definir as ações e distribuir tarefas entre os técnicos no intuito de se alcançar quais medidas deverão ser adotadas e quais os prazos necessários para construção do plano de ação a ser apresentado ao Tribunal de Contas, que passará monitorar e cobrar o cumprimento da implementação das medidas.
 
 
“A reunião foi de alinhamento e o esboço das medidas e os prazos que serão adotadas pelo Consórcio para corrigir os achados, tudo em sintonia com a equipe técnica do TCE”, finalizou o Caetano.